Ainda não, mas vai ser.

azul

Ainda não é amor, mas quando você me abraça o mundo fica menos entediante e eu me sinto em um daqueles praias paradisíacas que a gente só vê em filmes. Ainda não é amor, mas eu gosto do toque, do cheiro, do beijo e ultimamente o som da sua risada tem sido meu som favorito, o número 1 da billboard.

Ainda não é amor e eu tinha prometido não escrever sobre clichês, mas você me faz querer escrever sobre clichês, me faz querer falar que você desperta meu lado mais bonito, o lado mais azul do meu eu

Ainda não é amor mas se eu encontro uma moeda de um real na rua, ou se um carro passa por cima de uma poça de lama e me suja em um dia de chuva, é automático, teu nome vem na minha mente, e eu sinto vontade de te contar.

Ainda não é amor, mas eu te digo sim mesmo ainda não sendo amor, porque mesmo não sendo amor você faz nascer flores, frutos e traz chuva para um sertão onde eu pensava que nada mais floresceria.

Texto: Yago Alves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: