Arquivos Mensais: junho \27\UTC 2015

O Adeus.

Detesto despedidas. A mala é feita, checada uma, duas, três vezes, mas falta algo. Por mais que ela esteja cheia, falta algo, ou alguém. Ei se eu me encolher, me dobrar, entrar na mala, você me leva? Olha, eu sei que sou cheio de imperfeições e posso pesar um pouco, mas me leva vai. O …

Continuar lendo

Medo

Eu tenho medo do mundo, das dores que ele traz, das pessoas que ele leva. Eu tenho medo do vento frio que entra pela janela da sala me lembrando que o o inverno está ai, está aqui, está em mim. O mundo gira e eu contínuo parada tentando me organizar. Tentando me manter calma enquanto …

Continuar lendo

Lei da Fisica

Eu desejo que você seja bem feliz. Encontre alguém especial que dê tudo que você merece. Desejo que nos fins de tarde vocês saiam e assistam ao pôr-do-sol, espero muito que ele te leve ao cinema e vocês vejam aquele filme cheio de romantismo, desejo que ele seja o melhor. Nos dias de chuva espero …

Continuar lendo

Um jogo chamado : amor

O amor é esse jogo de perdas e danos e eu nunca soube jogar, nunca fui bom em mover as peças do tabuleiro, sempre tive dificuldade em saber a hora de avançar ou por qual caminho deveria seguir. Nunca fui um bom jogador e consequentemente perdi todas as partidas que joguei. Você me olhava com …

Continuar lendo

O moço cansou.

As portas estão trancadas por dentro, mas o moço tenta abri-las mesmo assim. Ele não tem as chaves, não faz ideia onde elas estejam, mas ele quer sair. Ele precisa sair. As paredes brancas engolem tudo, o vazio engole tudo. O vazio, companhia sempre presente nos dias frios e quentes, o vazio seu único amigo …

Continuar lendo